DEPOIMENTOS

Oi Família Luz de Odara, Eu vim aqui compartilhar algo muito importante que aconteceu comigo aqui na Casa, no 24/01/2021, um sábado de mais um 1 Dia de trabalho Espiritual, percebi que algo em mim estava inquieto, como se quisesse me dizer alguma coisa, reposta de TUDO que Eu precisava, pois minha vida estava confusa, adoecia frequentemente, era remédios, vários médicos, exames e nada me dava a Cura! Só que assim que a Iya passou pela roda, foi lá no canto onde fica o banquinho D’vó, Eu me arrepiei, e algo me dúzia: Você precisa passar com Avó Maria Redonda, NÃO estava desmerecendo outros Guias e muito menos o Pai Francisco de Guiné, mas uma força maior me pedia pra passar com ela… Então falei com a Simone, perguntei se estava liberado falar com Avó . Ah Simone disse, sim pode passar Fiquei na minha ansiedade e sem ao certo o que dizer diante dela. Nem precisei falar : Sentei, pedi a bênção, Avó, ela me olhou, fechou os olhos e falou TUDO o que Eu precisava ouvir e fazer…. Mas a Avó ágil tão rapidamente naquele MOMENTO chamou Pai Francisco de Guiné para ajuda la, que chamou Caboclo Flecheiro das Matas Virgens, meus irmãos Aninha, Carlinhos o Marcos pra fazer a corrente de força e tirou TUDO o que estava me impedido de enxergar na minha vida. Na segunda feira a Iya disse que Eu precisava fazer o EBÓ pra terminar de limpar. Fiz meu Ebó, me senti revigorada, porém com silêncio, era como se Eu não tivesse memória do passado de onde Eu passei nas outras CASAS de Umbanda, Candomblé… Mas ontem 13/03/2121 meus IRMÃOS, me senti segura, consegui bate cabeça, algo que era impossível deu conseguir Eu fiquei tão surpresa da tamanha ação minha e coragem e ao fazer meu” Bori” me senti completa, determinada, com luz, força pra viver, vencer, crescer como espírita e ser humano. Eu antes achava que TUDO era no meu tempo, mas NÃO, tem que ser no tempo dele Pai Oxalá que designou os Guardiões a me proteger, me guiar para o LUGAR certo, porque aqui vou ficar porque meus Orixás e guias se acharam e vão trabalhar e estão muito Felizes! Obrigado Vó Maria Redonda, Pai Francisco de Guiné e o Caboclo Flecheiro das Matas Virgens, pelo que fez a sua filha Selma, a palavra que resume TUDO ” UNIÃO ” a força, luz , proteção e coragem se fizeram único naquele momento! GRATIDÃO ETERNA BABÁ e IYA, obrigado pro nos proporcionar nesse templo ( conhecimentos mediúnicos, sabedoria, amor, humildade, caridade e solidariedade etc…)

SELMA CASTILHO

Meu nome é Mônica, tenho 44 anos, sou Psicóloga e Servidora Pública. Há 10 anos atrás recebi o diagnóstico de câncer, um tipo muito raro, estágio IV e com poucas chances de sobreviver, segundo os médicos, e desde de então minha vida se transformou. Minhas filhas eram pequenas e eu sabia que não podia deixá-las. Agarrei com toda força as chances que eu tinha para sobreviver. Na época realizei alguns atendimentos em um Centro Espírita, que foram muito bons, mas não pude continuar porque estava ficando muito debilitada em função da Quimioterapia, Radioterapia e Braquiterapia. O meu tratamento tinha que ser muito forte, eu não tinha muito tempo…então o meu corpo foi “bombardeado”durante um ano com muita medicação e radiação. Os médicos foram muito dedicados, fizeram tudo que estava ao alcance deles, me curaram do câncer, mas o que eles não podiam imaginar é de como eu ficaria após tudo isso. Então passei a conviver com muitas dores pelo corpo, meus órgãos envelheceram, passava mal diariamente, enfim… me curei, mas perdi por completo a qualidade de vida, até que em outubro de 2017 recebi novamente o resultado de um exame que não me deixou muito feliz, somente eu e meu marido, meu grande companheiro nesta dura jornada, sabíamos. Um dia, sozinha em casa, sentindo fortes dores, mal conseguia andar, recebi a ligação de uma amiga que disse:“ A Iyá me falou que você está precisando de ajuda”!. Eu me emocionei muito. Como poderia, alguém que não me conhecia saber que naquele exato momento eu estava pior ?!? E foi então que essa amiga, a Isabelle me convidou para conhecer o Centro Luz de Odara.Quando entrei, um Médium que estava sentado no fundo da sala, levantou e pediu para falar comigo, ele estava incorporado, e era o Pai Francisco da Guiné, eu não fazia ideia do quanto que a minha vida melhoraria desde de então. Naquele dia ele me falou sobre coisas da minha vida que só eu sabia e de muitas que eu nem imaginava, realizou uma cirurgia espiritual, que se finalizou no dia seguinte em casa, eu que já estava com muitas dificuldades de caminhar, devido a dores fortes, melhorei. Então passei a frequentar o Centro Luz de Odara, fiz o jogo de búzios que me orientou sobre muitas coisas, inclusive a fazer o Ebó e o Bori. Eu tomava de oito a dez comprimidos por dia, hoje tomo apenas dois, não preciso mais de medicação para dormir., aquelas dores intermináveis pelo corpo, melhoraram, a tristeza e a depressão desapareceram. Me sinto novamente com capacidade de sonhar e planejar algo para minha vida. O Centro Luz de Odara, através dos seus Médiuns e de todos os trabalhadores que dedicam parte da sua vida a ajudar ao próximo, me devolveu a alegria de viver. Serei grata para sempre!!!

MÔNICA RIBEIRO ARAÚJO

Iya Talabi, mãe de todos nós, sou pura gratidão pela orientação. Minha vida passou por uma transformação , meu pensamento se modificou em relação a detalhes despercebidos anteriormente, minha força interior é maior. Me sinto outra pessoa depois de suas orientações no meu jogo. Tudo que eu pensava pela situação vida foi alterado para o melhor dentro de mim. Gratidão aos Orixás e Iya Talabi! Indico e confio sempre!
CINTHIA PESTANA‎
Eu fiz o jogo duas vezes , e foi muito bom poder ouvir os conselhos dos orixás , as suas orientações , para poder seguir minha vida e prosperar. As vezes pensamos que tudo está perdido e que nada dá certo pra nós, mas com o jogo eu pude perceber que nem sempre as coisas acontecem no momento que nós desejamos , mas sim momento certo . Tudo tem sua hora e seu momento . O jogo me mostrou isso , que as vezes pode até parecer tarde , mas se a gente tiver paciência e fé vai acontecer . E recomendo o jogo a todos
‎ISADORA OLIVEIRA‎
Depoimento de Ana Lúcia. A consulta ao jogo de búzios é esclarecedor, mostra como lidar com a incompreensão que temos sobre nós e a relação nossa com os outros. Consultei os búzios segui e seguirei o que me foi orientado, sinto em minha vida e o mais importante a transformação dentro de mim. Nada melhor do que ser acertivo e nossas ações e o objetivo fica bem mais perto. Tinha medo antes de consultar os búzios, mas de verdade... Foi o que realmente respondeu às minhas perguntas e me orienta em tudo que preciso. Iya Talabi sacerdotisa sábia. Sempre terei gratidão por suas orientações no Jogo de Búzios.
ANA LUCIA
Como é bom saber de que quando precisamos muito de orientação, de que muitas vezes nos sentimos perdidos existe uma solução. Jogar os búzios é algo magnífico, surpreendente e muito gratificante. Mas não cito qualquer jogo de búzios, jogar com essa querida mãe Iya Talabi é diferente. Sua seriedade, sabedoria, confiança é muito evidente e nos deixa seguros e só quem já jogou com ela sabe do que falo. Eu só tenho a agradecer as orientações que recebi do jogo, minha vida está caminhando e eu particularmente sou outra pessoa. Tenho mais segurança em tudo que faço e sempre que eu precisar não hesitarei em consultar com essa sacerdotisa tão honesta e competente. Axé Axé Axé e muita gratidão .
MARIA MÔNICA LIMA OMELANI
Nosso primeiro dia no Luz de Odara foi a nossa morte para a vida antiga. Ficamos 3 anos frequentando e sendo tratados antes de começarmos a trabalhar, esses 3 anos pudemos aprender muito e foi no Luz de Odara que eu me curei, me curei de "coisas" que os médicos não sabiam mais o que fazer, para resumir, eu era uma pessoa que ao acordar já doia até a pálbebra, sentia dores fortes em tudo, principalmente nas costas, tenho um problema de nascença que nenhum médico resolvia a dor, e aqui fui curada, de um tumor na perna também, e de outras coisas, não estou cega por conta daqui. Fernando veio por mim, para ajudar na minha cura e para livrar ele de algumas coisinhas também. Nós realmente, morremos e nascemos de novo, posso dizer que quem nos conheceu antes, não pode dizer que nos conhece agora. E como trabalhadores do Luz de Odara, faremos tudo o que for possível para fazer para outras pessoas o que fizeram para nós.
FRANCIS E FERNANDO

AGRADEÇO A DEUS PELA SUA VIDA QUE ATRAVÉS DELA RECEBI UMA GRANDE VITÓRIA.
Que Deus ilumine sempre o Sr. Babá Para que continue sendo essa ferramenta maravilhosa que através do senhor alcancei uma bênção maravilhosa em minha vida e não nego que fui até ai de curiosa e nunca imaginei que seria como foi incrível.
Recebi um milagre tão grandioso que o senhor não faz ideia, estou muito feliz e não sabia que os Pretos Velhos eram assim.
Contei até para minha mãe que é crente e agora ela sabendo do acontecido quer que eu convide os meus 2 irmãos, mas um deles é casado e a mulher é contra o espiritismo e também tem medo.
Mas vai dar certo um dia eles vão chegar.
O marido disse que na vontade dele no próximo ano iremos a cada 15 dias essa é a nossa intenção.
Desejo a vocês muita LUZ.

DARLENE A. VICENTE – SÃO JOSÉ DOS CAMPOS/SP

O meu nome é Regiane Félix de Freitas tenho 25 anos, sou filha da casa Ile Ase luz de Odara. É com muita gratidão que vou falar um pouquinho da minha trajetória dentro da espiritualidade. Antes de entrar para fazer parte da família luz de Odara eu sentia-me muito perdida, uma forte depressão acompanhava-me e não tinha mais ânimo de viver, tinha perdido todo entusiasmo. Até que um dia uma amiga me indicou a casa. Fiquei até com receio de ir, porque não tinha nenhum conhecimento sobre a espiritualidade. Mas decidi ir. Seria minha última chance de melhora. Quando cheguei lá um Simples preto velho sentado no seu banquinho recebeu-me com grande alegria. Pai Francisco da Guiné era nome dele. As suas palavras para mim, foi com toda a certeza o início de uma grande jornada. Comecei a fazer parte do Ile Ase luz de Odara. E assim a minha depressão foi sumindo e eu tentando acertar nos meus passos e nas minhas atitudes. “Tentando ser uma pessoa melhor” comigo mesma e para o meu próximo. Mas um grande momento dentro da espiritualidade foi quando fiz uma iniciação em Ifá. Um grande renascimento, uma experiência única. Neste momento tive a oportunidade de aprender sobre os orixás. E poder sentir as suas energias sobre a minha vida. No qual a nossa casa pratica o culto aos orixás. Através da nossa mãe sacerdotisa Iya Talabi. O jogo de búzios está presente em todo o momento da minha vida. Poder consultar com os orixás é maravilhoso. Recebi importantes orientações sobre todos os tópicos da minha vida. Foi fundamental para cada atitude minha que deveria tomar dali para frente. Fiz o Ebó e Bori tratamento recomendado pelos orixás. Um tratamento complexo que obteve resultados imediatos na minha vida. Gostaria de agradecer a oportunidade de contar resumidamente a minha história dentro do Ile. Também agradecer a nossa mãe Iya Talabi, o nosso pai Babá Eweyemi, aos mentores espirituais, aos orixás e os meus irmãos de fé que me receberam tão bem. Um grande asé.

REGIANE FELIX DE FREITAS

Eu me chamo Carlinhos.
Vim aqui falar um pouco sobre minha história, eu tenho 28 anos e sou de Heliodora, eu comecei ir na casa faz uns 2 anos e fui na primeira vez com minhas amigas e depois continuei indo e comecei a amar, ver essa casa de Socorro Espiritual como tudo é bonito e fui chamado para entrar na corrente pelas entidades da casa e quando fui lá eu não tinha trabalho e foi essa casa que me ajudou a conseguir meu trabalho e me ajuda todos os dias e também hoje sou outra pessoa porque foi a casa que me abriu as portas e tenho muito orgulho de ser Filho dessa casa que me aceitou de abraços aberto e para mim é um orgulho ser filho dessa Casa que eu amo e ter a Iyànìfà e o Babá como meus pais de santo que sempre me aconselha e também agradeço Vó Maria Redonda, Pai Francisco da Guiné, Caboclo flecheiro das Matas Virgens. Só tenho gratidão por tudo. Axé 🙏🙏🙏 amo vocês todos.
Ílê Axé Luz de Odara meu chão minha vida axé 🙏🙏

CARLINHOS – HELIODORA/MG

Está próximo de completar um ano que tive o meu primeiro contato com a Umbanda. Logo EU um caso bem improvável, pois vim de uma família católica e que tem o mesmo pensamento que eu tinha quando iniciei.
Cheguei na Casa Ílê Axé Luz de Odara com uma amiga muito querida que me apresentou a Umbanda. Cheguei com muitos medos e porém, que ao longo desse ano foram caindo por terra um a um e no lugar dos medos e dúvidas foram nascendo sentimentos de amor, carinho, admiração, gratidão pela casa fui fazendo amizades e comecei a sentir que realmente estava fazendo parte de uma família. Durante este ano tive muito aprendizado pois os dirigentes da casa nos tratam com muita atenção e carinho. Somos preparados com muito carinho para ajudar as pessoas que na casa chegam com um pedido de ajuda, por vezes em buscar de algumas palavras, por vezes uma doença. Mais em todos os casos todos são tratados com muito amor. Fazemos caridade para pessoas necessitadas e foi muito gratificante participar de cada ação que foi feita. Tive a honra de participar de um batizado de um bebezinho lindo, de um casamento lindo também, fiz um Bori com nossa Mãe da casa.
E realmente hoje me sinto entrando em uma nova fase de vida onde quero buscar cada vez mais qualidade em todas as coisas que faço, na casa, no trabalho, com a família enfim quero me sentir mais presente na vida. Sou muito feliz por participar dessa família.
Quero aqui deixar registrado a minha imensa gratidão em forma de depoimento ao Babá e a Iyànìfà que me acolheram com muito amor e alegria de viver. Axé Ilê Axé Luz de Odara.

ANA PAULA – JACAREÍ/SP

Meu nome é Sérgio fui convidado a ir na Casa Luz de Odara no dia 14/11/2020 pela minha mãe, devido eu ter problemas com bebida e drogas, tudo que eu fazia nada dava certo, minha vida não andava pra frente, sempre andando pra trás, chegando na casa fui muito bem acolhido, passei com uma entidade chamada Pai Francisco da Guiné, na qual fui muito bem atendido e aconselhado, passei por um tratamento de 77 dias e 77 noites, na qual eu cumpri pois queria mudança na minha vida e fui chamado por ele pra fazer parte da corrente de filhos da casa.
Hoje, um ano após minha chegada na casa, minha vida mudou da água para o vinho, não bebo , não uso drogas, minha vida flui numa boa , não me falta trabalho, dinheiro, só tenho a agradecer essa casa maravilhosa , na qual hoje faço parte, agora em 2022 estou preparando para montar meu próprio negócio oficina de reparação automotivo, que a muito tempo queria abrir, agradeço muito a casa Luz de Odara e ao Pai Francisco da Guiné e Vó Maria Redonda por ter transformado minha vida.

SÉRGIO – GUARAREMA/SP

Desde o dia que eu entrei no centro, minha vida mudou de um jeito que eu não consigo explicar.
Eu sempre fui da espiritualidade, sempre fui no Perseverança, mas nunca me senti bem lá dentro, apesar de ter aprendido muito sobre os espíritos e sempre ter acreditado, mesmo tendo uma família bem intolerante, jamais deixei de acreditar, mas realmente não me sentia bem no local, fiquei uns 3 anos sem ir a um lugar e desde então fiquei muito mal.
Eu entrei em uma depressão profunda, fiquei anorexa em 2017, diversas crises de ansiedade
No começo desse ano (2021) tive novamente crises de ansiedade e depressão.
Entrei no centro por amor e muito pela dor, porque não sabia mais a quem recorrer, tentei tirar minha própria vida. Foi muito difícil, lidei com coisas muito difíceis esse ano, mas ter entrado no Centro foi a melhor coisa da minha vida.
Estou exatamente a 8 meses nessa Casa, fiquei sabendo de coisas que nunca achei que saberia.
Sou um espirito Abiku.
E desde que fiquei sabendo, agora tendo a me cuidar sempre.
Fiz um bori, melhorei muito das crises de ansiedade e depressão.
Não choro constantemente como eu fazia. Desde que o Pai Francisco da Guiné, falou para eu parar de beber que minha vida iria fluir, não bebo desde então e foi a melhor decisão que eu fiz.
Eu ando mais alegre e agora sempre fico ansiosa para cada próximo trabalho na casa.
Eu espero crescer muito na casa, espero ser uma boa médium, boa cambone, aprender sempre com a Espiritualidade.
Eu amo de mais essa casa, não vejo a hora dos próximos trabalhos e quero continuar durante muitos anos nela.
E no próximo ano, estarei realizando a Iniciação de IFÁ, junto ao meu noivo.
Muito axé e muito obrigada por me recepcionarem nessa casa.

AMANDA – SÃO PAULO/SP

Então gente não tenho nem oque falar eu não queria ir na casa , minha irmã começou fazer parte da corrente e ela me convidava sempre e eu nunca ia, nunca dava pra eu ir até que um dia eu fui e passei cm o Pai Francisco da Guiné e quando sentei naquele banquinho ele me falou tudo que eu sentia, ele simplesmente foi falando coisas que apenas eu sabia nem a minha irmã sabia, falando coisas que fiz quando era muito pequena e eu já nem lembrava mais, eu fiquei assustada mas quando sentei ali eu tinha um vazio que nada preenchia, sabia que eu tinha que decidir sobre a minha religião e sabia que tinha que tirar aqueles pensamentos suicidas, eu tentei me matar foram 3 vezes e nunca dava certo e eu sempre tentava, minha mãe já não tinha mais forças para me ver daquele jeito depois minha irmã também tentou suicídio e minha mãe foi falar com o Babá e a Iya e lá naquele momento que ela foi falar com eles.
Eles ajudaram ela, disse o que tinha que ser feito ela fez o que eles pediram e simplesmente minha irmã não levantava da cama a uma semana, não fazia nada só dormia e quando ela fez o que o Babá e a Iya pediu ela levantou na hora, se arrumou e ficou bem, parecia que aquela depressão tinha sumido.
Mas enfim curou minha irmã e eu quando sentei no banquinho enfrente ao Pai Francisco da Guiné meio desacreditada da espiritualidade ali ele começou falar eu já não tive mais dúvidas falou coisas que eu sentia que eu fazia que iria fazer, que apenas eu sabia e eu conversando com ele aquele vazio foi indo embora, rapidamente os pensamentos suicidas e eu pensava que nunca iria se livrar deles e ali vi que não sentia mais nada de ruim só conseguia sentir coisas boas paz ,alívio dentro do coração ,as energias boas vindo de encontro a mim, vi meus pensamentos irem embora, o Pai Francisco da Guiné me convidou ali para entrar na casa e eu não tinha dúvidas que queria fazer parte dessa casa maravilhosa achei que iria ficar com dúvidas, mas algo me dizia entra, sua vida vai mudar e eu entrei me entreguei para a espiritualidade e depois que entrei tenho paz no coração, tenho cabeça firme sobre tudo que eu quero, consegui um trabalho, as coisas dentro de casa melhoraram, era muita briga depois que entrei já não existia mais essas brigas que me magoavam, vi eu mudar, parei de sair para festas, bailes na hora grande, parei de beber, no começo não queria.
Mas foi a melhor coisa da minha vida!!!!
Eu respondia muito meus pais, não obedecia eles, fazia muita coisa errada, depois que entrei pra casa melhorei muito não sou mais aquela menina que só dava trabalho para os meus pais, os meus pais me dizem até hoje que eu melhorei muito e não sou mais aquela menina eles são muito grato por tudo isso essa casa e os guias os Orixás me salvou aonde eu achava q não tinha mais saída eles me levantaram, me tiraram do fundo e me mostrou que sou capaz, hoje não sinto mais vontade de tentar suicídio e tenho a felicidade que não tinha a muito tempo.
Graças a primeiramente Oxalá, os Guias, os Orixás e o Babá e a Iya que são maravilhosos, sempre me acolheram muito bem e sempre me ensinando o que é certo e errado.
Tenho muita Gratidão pela casa pela a Iya e o Babá muita mesmo eles salvou minha vida e hoje eu estou indo muito bem ,e em desenvolvimento na casa, mas sei que vão me ajudar muito mais do que já me ajudaram.
Iya e Babá Gratidão eterna por ter vocês como Mãe e Pai na espiritualidade gratidão e gratidão não tenho o que falar da Casa.
Uma Casa cheia de energias boas entidades maravilhosas Sacerdotes incríveis como Iya e Babá gratidão a vocês e nossa Casa tem muita gente pra agradecer não tenho dúvidas 💖.

CAMILLY – JACAREÍ/SP

Me chamo Simone Barroso tenho 48 anos e há 13 anos por problemas familiares fui apresentada ao luz de Odara.
No dia estava em busca de ajuda e auxílio espiritual para uma pessoa, como uma última alternativa depois de procurar ajuda e respostas em todos os lugares possíveis. Frequentei vários centros, igrejas evangélicas, católicas, tudo que podem imaginar, nada surtia resultado ou me dava alguma resposta.
Na verdade, a partir desse dia quem acabou sendo a mais ajudada e orientada fui eu mesma. Tive muita ajuda e orientação com a minha mãe doente de Alzheimer, tive a vida dos meus filhos salva mais de uma vez, só quem convive com a gente sabe da luta que é, do que passamos, do que enfrentamos, eu não saberia dizer tudo aqui em um depoimento.
Através do centro fui orientada ao jogo e de lá pra cá muita coisa mudou.
Fizemos as nossas Iniciações eu e minha filha mais velha, nos tratamos espiritualmente com bori e ebós.
Desde a nossa Iniciação muita coisa mudou, evoluímos em muita coisa, passamos a enxergar de uma maneira diferente a vida como um todo.
Minha filha pequena aos 9 anos teve uma crise de ansiedade aguda e de acordo com os médicos teria que se tratar com psicólogos e medicação por um bom tempo. A iya tratou dela com ebó ( um tratamento espiritual ) e ela nunca mais teve nenhuma crise a partir desse dia.
Hoje ela está com quase 12 anos.
Só consigo agradecer todos as vezes em que me seguraram, me levantaram, me estenderam a mão,
Só tenho a agradecer toda ajuda e orientação que tenho em todas as situações da minha vida.
Agradecer a vida dos meus filhos, agradecer ate mesmo as adversidades que me fazem forte e me fazem aprender sempre mais.
Gratidão por todos os momentos em que precisei, gratidão pela vida dos meus filhos.
Que os Orixás ilumine sempre mais a vida de vocês! Asè.

SIMONE – SÃO PAULO/SP

O meu depoimento é muito simples, sou novato na casa e vim pra trazer minha irmã para consulta com Pai Francisco da Guiné, eu não conhecia a casa, estou na Umbanda a bastante tempo há mais ou menos 39 anos, estava trabalhando em outra casa e quando fui até o Luz de Odara fui só pra conhecer, mas como nada é por acaso vim descobrir o Elo que existe entre Pai Arruda e Pai Francisco da Guiné, que já vem de longa data, fui convidado pra fazer parte da casa que estou muito feliz por ser hoje um trabalhador e também aprendi a gostar e respeitar o Sr. Márcio que hoje o chamo de Babá.
Me encontrei nesta casa e estou aprendendo cada vez mais pra poder auxiliar o próximo que vem em busca de ajuda, quando vim pela primeira vez eu estava desempregado e passando dificuldade, mas aí conversando com Pai Francisco ele me disse que eu estava fazendo errado pedindo ajuda para outras entidades e esquecendo de pedir pro meu Guia.
Ele disse bem assim “você não tem idéia a força que Pai Arruda tem, peça pra ele e verá o resultado ” realmente vi, hoje estou bem empregado e conseguindo colocar as coisas em ordem.
Tenho muito a agradecer a Você Babá por ser esta pessoa sempre pronta a ajudar …
A mim só resta dizer
GRATIDÃO 🙏🙏🙏!!

CARLOS – SÃO JOSÉ DOS CAMPOS/SP

Meu irmão foi convidado a ir a casa, pois estava com algumas dúvidas e passando por algumas complicações. Chegando na casa, o preto velho falou de cada um da nossa família e pedindo para que eu fosse fazer uma visita ao Pai Francisco da Guiné, que queria falar muito comigo.
Contrariado, fui ao Ilê Axé Luz de Odara em Jacareí, em 09/11/2020, entrei na casa com preconceito, intolerância e ignorância religiosa.
Durante a semana que tinha o trabalho, coloquei diariamente a “teste” o Pai Francisco da Guiné, até que o dia do trabalho chegou e ao vir em terra, Pai Francisco da Guiné, me chamou e questionou como foi falar com ele a semana toda, rsrs.
Estarrecido e com medo, mas desta com mais respeito, disse a ele que foi bom.
Em conversa falamos sobre muitas coisas que aconteceu e aconteciam durante aquele período comigo. Revelou a minha mediunidade e meus guias. Me convidou a fazer parte da casa e da corrente, onde minha resposta sincera e respeitosa foi:
– Sr. Francisco, eu aceito, mas tenho que ser sincero, tenho preconceito com tudo isso aqui, por isso quero aprender e entender.
Pai Francisco, prontamente respondeu:
– Meo fio, se você falasse qualquer outra coisa, seria mentira.
Pediu permissão a minha esposa para que eu participasse da casa.
Comecei na casa, cambonando ele e vi o que de fato é amor, caridade e principalmente HUMILDADE.
Aprendi e ainda aprendo muito com Pai Francisco da Guiné.
Minha vida, meus pensamentos, meus objetivos hoje são diferenciados, graças a oportunidade de fazer a caridade, através dos meus guias e através do Ilê Axé Luz de Odara.
Agradeço a Jesus Cristo por Pai Francisco da Guiné, Caboclo Flecheiro das Matas Virgens, Vó Maria Redonda e Cabocla Janaína, por todo aprendizado e ensinamentos.
Saúdo a todos os Pretos e Pretas Velhas, Caboclos e Caboclas, principalmente ao Pai João da Mina e Caboclo Araribóia, os meus guias que me auxiliam diariamente com nossa missão na Seara da Caridade.
Axé!

ANDRÉ GALLO – SÃO PAULO/SP

Depoimento Matheus Agradeço imensamente a oportunidade de poder ter conhecido ter tirado essas dúvidas das quais não tinha respostas e através dos guias e do Axé da casa meus caminhos foram se abrindo. Sou muito grato por poder exercer a caridade em um lugar rico em sabedoria e com um propósito maior que é somente fazer o bem e ajudar o próximo.
Hoje como filho da corrente agradeço especialmente ao Babá Márcio e a Iyanifa Talabi por todo comprometimento com os filhos da casa, com os consulentes e simpatizantes que recorrem ao Ílê Asé Luz de Odara para tratar suas mazelas e dores, quais essas nunca saem sem respostas e um conselho assertivo. Agradeço aos guias Caboclo Flecheiro das Matas Virgens, Pai Francisco da Guiné, Vó Maria Redonda e Cabocla Janaína por me desenvolverem espiritualmente e pelas diversas graças alcançadas. Sou grato também aos meus guias, mentores e guardiões que aceitaram trabalhar comigo nessa Seara da Caridade em um local de muita luz.

MATHEUS -SÃO JOSE DOS CAMPOS

Translate »